Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

VIVER O PROPÓSITO É SER FELIZ

VIVER O PROPÓSITO É SER FELIZ
5 (100%) 7 votes

O propósito da nossa existência é buscar a Felicidade.

 

Viver o Propósito é ser Feliz, parece senso comum, em pensadores ocidentais como Aristóteles e William James concordaram com a ideia. No entanto, será que uma vida baseada na busca da felicidade pessoal não seria, em si, egocêntrica, até mesmo comodista? Não necessariamente.

Na realidade, pesquisas e mais pesquisas revelaram que são as pessoas infelizes que costumam ser mais centradas em si mesmas e que, em termos sociais, com freqüência são retraídas, ensimesmadas e até mesmo hostis.

Já as pessoas felizes são em geral consideradas mais sociáveis, flexíveis, criativas e capazes de suportar as frustrações diárias com maior facilidade do que as infelizes. E, o que é mais importante, considera-se que sejam mais amorosas e dispostas ao perdão do que as infelizes.

 

 

Pesquisadores desenvolveram algumas experiências interessantes que revelaram que as pessoas felizes demonstram um certo tipo de abertura, uma disposição a estender a mão e ajudar os outros.

Eles conseguiram, por exemplo, induzir um estado de espírito de felicidade numa pessoa que se submeteu ao teste, criando uma situação em que ela inesperadamente encontrava dinheiro numa cabine telefônica. Fingindo ser um desconhecido, um dos participantes da experiência passou então por ali e deixou cair “acidentalmente” uma pilha de papéis.

Os pesquisadores queriam saber se o objeto da experiência pararia para ajudar o desconhecido.

Embora esses tipos de experiência contradigam a noção de que a procura e a realização da felicidade pessoal de algum modo levam ao egoísmo e ao  ensimesmamento, todos nós podemos conduzir nossa própria experiência no laboratório do nosso próprio dia-a-dia. Suponhamos,  que estejamos parados num congestionamento.

Depois de vinte minutos, o trânsito volta a fluir, ainda a uma velocidade muito baixa. Vemos alguém em outro carro fazendo sinais de que quer passar para nossa faixa à nossa frente. Se estivermos de bem com a vida, é maior a probabilidade de reduzirmos a velocidade para deixar a pessoa entrar.

Se estivermos nos sentindo péssimos, nossa reação pode ser simplesmente a de aumentar a velocidade e fechar o espaço. “Ora, se eu estou aqui parado esperando todo esse tempo, por que os outros não podem esperar?”

 

 

Partimos, então, da premissa básica de que o propósito da nossa vida é a busca da felicidade e ser FELIZ. É uma visão da felicidade como um objetivo verdadeiro, um objetivo para a realização do qual podemos dar passos positivos.

E, à medida que começarmos a identificar os fatores que levam a uma vida mais feliz, estaremos aprendendo como a busca da felicidade oferece benefícios não só ao indivíduo, mas à família do indivíduo e também à sociedade como um todo.

O ponto essencial de que a felicidade é determinada mais pelo estado mental da pessoa do que por acontecimentos externos, Ser Feliz é uma escolha interna, e a Alegria é com coisas externas, tipo presentes, compras, comer, etc.

O sucesso pode produzir uma sensação temporária de enlevo, ou a tragédia pode nos mandar para um período de depressão, mas mais cedo ou mais tarde nosso nível geral de felicidade acaba migrando de volta para uma certa linha de referência.

 

 

Os psicólogos chamam esse processo de adaptação; e nós podemos ver como esse princípio atua no nosso dia-a-dia. Um aumento, um carro novo ou um reconhecimento por parte dos colegas podem nos deixar animados por um tempo; mas logo voltamos ao nosso nível costumeiro de felicidade.

Da mesma forma, uma discussão com um amigo, um automóvel na oficina ou um pequeno ferimento podem nos deixar de péssimo humor, mas em questão de dias nosso espírito volta ao que era antes.

Essa tendência não se limita a acontecimentos triviais, de rotina, mas persiste mesmo sob condições mais extremas de sucesso ou catástrofe. Pesquisadores que estudavam os ganhadores da loteria estadual da loteria britânica descobriram, por exemplo, que a empolgação inicial ia passando com o tempo e os ganhadores voltavam à sua faixa habitual de felicidade de cada momento.

Outros estudos demonstraram que, mesmo aquelas pessoas que são vítimas de acontecimentos catastróficos, como por exemplo o câncer, a cegueira ou a paralisia, tipicamente recuperam seu nível normal ou quase normal de felicidade de rotina depois de um período adequado de ajuste.

 

Cultivar estados mentais positivos como a generosidade e a compaixão

decididamente conduz a uma melhor saúde mental e à felicidade.

 

 

Para alcançar a felicidade, precisa-se aprender a lidar com os vários e complexos estados mentais negativos, e para superá-los. E se a pessoa está procurando superar certos modos negativos de pensar, não é possível conseguir isso apenas com a adoção de um pensamento específico ou a prática de uma técnica uma vez ou duas.

A mudança demora. Mesmo a mudança física leva tempo. Por exemplo, se a pessoa está mudando de um clima para outro, o corpo precisa de tempo para se adaptar ao novo ambiente. E, da mesma forma, transformar a mente leva tempo. São muitos os traços mentais negativos,e é necessário lidar com cada um deles e neutralizá-los.

Isso não é fácil. Exige a repetida aplicação de várias técnicas e a dedicação de tempo para a familiarização com as práticas. É um processo de aprendizado, que teremos que ter em mente o nosso forte Propósito é SER FELIZ.

Viver O Propósito é SER FELIZ

 

 

A que à medida que o tempo vai passando, podemos realizar mudanças positivas. Todos os dias,ao acordar, podemos desenvolver uma motivação positiva sincera, pensando, `Vou utilizar este dia de um modo mais positivo.  E depois, à noite, antes de nos deitarmos, poderíamos verificar o que fizemos, com a pergunta `Será que utilizei este dia como planejava?’

Se tudo correu de acordo com o planejado, isso é motivo para júbilo. Se não deu certo anotar e planejar a mudança. Assim, através de métodos como esses, é possível aos poucos fortalecer os aspectos positivos da mente e aplicar a decisão de Ser Feliz e aprender todos os dias, e principalmente agradecer tudo e a todos, até as coisas negativos, pois aprendemos com os nossos erros, lembrando sempre, queo estado de Gratidão nos leva a Felicidade sempre. Viver O Propósito é SER Feliz.

 

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

%d blogueiros gostam disto: