Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

E OS CICLOS SE FECHAM…ABREM NOVOS HORIZONTES

E OS CICLOS SE FECHAM…ABREM NOVOS HORIZONTES
5 (100%) 8 vote[s]

 

 

E A VIDA CONTINUA ABRINDO NOVOS ESPAÇOS…

 

Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração…

As provas têm por fim exercitar a inteligência, assim como a paciência…

Ciclos que se fecham simplesmente aumentam a visão interior, abre os horizontes da alma, liberta o ser. … se traduz pela luz no espírito, na qual a visão interior amplia os horizontes.

Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final…

Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.

 

 

Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos.

Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.

Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.

As coisas passam, e o melhor a fazer é deixar que elas realmente possam ir embora…

E o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.

Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se, portanto, às vezes, ganhamos, e às vezes perdemos.

Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor.

Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo. Diga a si mesma que o que “passou, jamais voltará!”

Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

 

 

Em verdade temos ciclos fechados ou passamos por provações?

 

Sofrer com paciência é sabedoria, pois assim se vive com paz.

As provações nos fortalecem para o combate espiritual; por isso,devemos enfrentá-las com coragem.

Não vos perturbeis no fogo da provação, como se vos acontecesse alguma coisa extraordinária. Pelo contrário, alegrai-vos em ser participantes dos sofrimentos…

A provação nos “aperfeiçoará” e nos tornará “inabaláveis”.

É importante não se deixar perturbar no fogo da provação.

Não se exasperar, não perder a paz e a calma, pois todas as provações fazem parte da nossa evolução espiritual e serve para nos fortalecer.

O antídoto contra tudo isso é a humildade, a vontade de Deus no exato momento em que algo desagradável nos ocorre, faz parte da “aceitação”.

Em todas as circunstâncias dai graças, pois esta é a vontade de Deus.

 

Ciclos fechados vem em forma de provas que são uma série de situações apresentadas ao Espírito encarnado objetivando o seu crescimento.

Através do esforço próprio, das lutas e do sacrifício ele vai burilando a sua personalidade, desenvolvendo a sua inteligência e se iluminando espiritualmente.

“Não se deve crer que todo sofrimento por que se passa neste mundo seja necessariamente o indício de uma determinada falta: trata-se, freqüentemente, de simples provas escolhidas pelo Espírito, para acabar a sua purificação e acelerar o seu adiantamento.”

Nem toda prova é uma expiação, mas em toda expiação há uma prova, porque diante do sofrimento expiatório, o homem ver-se-á convidado a desenvolver,(lutar) pelos valores de resignação.

Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.

Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é.

Esqueça quem você era, e passe a ser quem é e aí haverá “abertura de caminhos” e seus caminhos vão se abrir.

 

Somos seres itinerantes na trajetória da vida e

estamos aqui para aprender, para evoluir e ser o melhor da nossa espécie

 

 

Só poderemos renascer para uma nova realidade se tivermos a capacidade simbólica de nos despojarmos do passado, aceitar as mortes simbólicas dos ciclos que é a própria sabedoria da vida. Recriar-se. Renascer. reinventar-se. Superar-se.

Nós, indivíduos eternos do devir, estamos sempre em processo de reflexão acerca das nossas vivências para obter a sabedoria que precisamos e que neste mundo nunca basta. As reflexões devem ser contínuas como meio preventivo para não nos depararmos com crises que poderiam ser evitadas, quando tentamos de alguma forma nos agarrar a algo que já se foi.

O fechamento de um ciclo nos oportuniza revisar, ressignificar e dar um novo sentido à própria vida, colocando em pratica um novo projeto de acordo com a nossa realidade e necessidades.

Permanecer em um ciclo que já se fechou é altamente desgastante, além de se pagar um alto preço por isto.

 

 

Estar aberto, disponível e receptivo para novas oportunidades e experiências é o que a vida nos propõe ao fim de cada etapa.

Muitas vezes não estamos vivendo, mas vivenciando uma sobrevida, e não é isto o que queremos.

Queremos ter uma vida plena e de qualidade, portanto deixar ir o que já está carcomido não é sinal de covardia, e sim de coragem.

Coragem para dar um novo passo. Coragem para continuar a ter fé na vida, apesar de tudo.

 

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

×
%d blogueiros gostam disto: