O QUE É MEDIUNIDADE?

16 Flares Facebook 0 Google+ 4 Twitter 0 LinkedIn 12 Filament.io 16 Flares ×

O Que é Mediunidade?

A mediunidade é um instrumento que auxilia na nossa evolução, e quando aplicada com consciência, possibilita uma maior evolução espiritual e cumprimento da nossa missão.

A mediunidade é uma faculdade do espírito, pois é uma capacidade de perceber estímulos extrafísicos, de perceber influências sutis de diferentes formas e em diferentes graus. É a ferramenta que faz com que o homem preso ao mundo material por conta de seu karma*, mantenha-se com a sintonia na Fonte a qual foi gerado.

É por isso que a mediunidade tem sido estudada ao longo dos anos, pois o seu bom desenvolvimento possibilita ao ser humano a capacidade de compreender cada vez mais a grandeza do universo, a missão da sua alma, a força poderosa do amor e profundidade da intenção dos pensamentos e sentimentos.

Infelizmente muita gente sofre porque não sabe a resposta para esta questão, ou até mesmo por ter medo em lidar com este assunto.

A mediunidade não é exclusiva de algumas pessoas, na verdade, todos nós somos médiuns. A capacidade mediúnica não é nenhuma bênção especial, tampouco, uma punição, ela não é boa nem ruim. Ela é simplesmente uma capacidade que nos ajuda a evoluir.

A mediunidade é uma capacidade do espírito, que se aperfeiçoa pelo exercício e esforço pessoal, é universal, comum a todas as pessoas, e que pode se manifestar de diferentes maneiras e em diferentes graus.

Cura através dos Médiuns - Mediunidade Na Prática

Cura através dos Médiuns – Mediunidade Na Prática

Todos somos médiuns, alguns mais, outros menos desenvolvidos!

Outra opção que pode ocorrer, é ignorar a mediunidade, ignorar as intuições e sentimentos, ignorar que somos espíritos vivendo uma experiência material. Isso com certeza irá gerar dor e sofrimento em sua vida.

2015-07-28_1733

Tipos de Mediunidade

 

Existem diferentes formas da mediunidade se manifestar, como a Mediunidade Clarividente (faculdade de ver os espíritos), a Mediunidade Clariaudiente (ouvir a voz dos espíritos), Mediunidade 
Existem alguns sintomas, sinais, que podemos perceber quando a mediunidade começa a aflorar. Trarei aqui 4 sinais de mediunidade.

1.Intuição / sexto sentido muito forte que depois acaba se confirmando;

2.Sonhos reveladores que transformam muitas áreas da sua vida;

3.Súbita aceleração dos batimentos cardíacos (taquicardia) sem nenhum motivo “aparente”;

4.Ouvir vozes ou sons;

Quando estes sinais forem percebidos, indicam que a mediunidade está aflorando na sua vida, e é preciso desenvolvê-la para conduzir sua vida da melhor maneira possível, para um caminho de luz, amor e evolução.

Mediunidade - Os efeitos extrafísicos

Mediunidade – Os efeitos extrafísicos

Será que Preciso Desenvolver Minha Mediunidade? Esta é uma frase muito comum: “Você precisa desenvolver a sua mediunidade!”

Mas será que eu preciso mesmo desenvolver a minha mediunidade? O que eu vou ganhar com isso?

Se você está lendo este material sobre mediunidade não é por acaso.

Provavelmente você já sentiu ou sente a mediunidade aflorando em sua alma e sente que é preciso buscar conhecimento para poder desenvolvê-la.

Quando a mediunidade aparece, é um sinal dizendo: está na hora de evoluir espiritualmente e sair do sono evolutivo que sua alma está. É um sinal que avisa que chegou o momento de se tornar útil para o universo, ajudando Deus Pai, Nosso Criador em Sua missão, que é a evolução espiritual em massa. É por isso que ela aflora.

Aqui no site tem outros artigos complementares ao tema > Manifestações Mediúnicas  –  Mediunidade e Propósito – Mediunidade na Prática

 

Como Desenvolver Minha Mediunidade?

Mediunidade - Os efeitos extrafísicos

Mediunidade – Os efeitos extrafísicos

Muitas pessoas já nascem com seus potenciais mediúnicos plenamente desenvolvidos, outras sequer percebem traços de sensibilidade, a mediunidade não é algo estático, ela aumenta ou diminui conforme nós vamos nos desenvolvendo e aprimorando.

Existem também alguns casos de pessoas que nascem com uma grande sensibilidade e capacidade mediúnica, e por não desenvolver ao longo do tempo esta capacidade vai adormecendo.

Na maioria dos casos, nos tornamos adultos e começamos a viver a rotina material diária, cheia de obrigações e compromissos, somos tomados pelo estresse e ansiedade diários, e acabamos nos afastando da nossa essência espiritual.

Por isso, quando começamos a praticar o relaxamento e a meditação, a mediunidade começa a aflorar.

Quanto mais se exercita a mediunidade, mais a pessoa poderá se utilizar dos benefícios e possibilidades dos sentidos extrafísicos, para sua evolução e para a evolução de todos os seres.

Tão importante quanto desenvolver a mediunidade, é desenvolver os valores morais: o amor a si mesmo e ao próximo, o perdão, a paciência, a verdade, o desapego, a fé, a compreensão da sua missão de vida e a busca constante pela evolução.

O universo e a Mediunidade

O universo e a Mediunidade

Existem muitas formas de desenvolver a mediunidade, independente de doutrinas e religiões. Estamos vivendo em um momento onde o conhecimento do oriente se une ao conhecimento do ocidente, o da espiritualidade com a ciência, e isso é maravilhoso pois nos traz infinitas formas de crescimento espiritual e desenvolvimento da mediunidade.

Não importa se você é evangélico, católico, kardecista, umbandista, muçulmano, hinduísta, o que importa é você desenvolver a sua mediunidade, estamos na era do universalismo e temos infinitas possibilidades para expandir a nossa consciência.

Busque o conhecimento, o autoconhecimento, ore, medite, cante mantras, leia livros de conteúdos edificantes, não importa de que forma, desenvolva a sua mediunidade.

O universo e a Mediunidade

O universo e a Mediunidade

Mediunidade na Prática!

Neste aspecto, a proposta do Espiritismo é a de esclarecer e educar o médium, à luz do conhecimento espírita presente nas obras codificadas por Allan Kardec, assim como a vivência do Evangelho de Jesus. Jesus e Kardec representam os fundamentos da prática mediúnica, em particular, e do Espiritismo em geral, conforme a feliz expressão de Emmanuel: “Em suma, diante do acesso aos mais altos valores da vida, Jesus e Kardec estão perfeitamente conjugados pela Sabedoria divina. Outro ponto,  é o fato de não existir um tipo de mediunidade mais importante que outro. 

Segundo a Codificação Espírita, a mediunidade é classificada de acordo com a natureza dos efeitos que a manifestação dos Espíritos produzem: físicos e inteligentes (ou intelectuais).
Mediunidade de efeitos físicosDá-se o nome de manifestações físicas às que se traduzem por efeitos sensíveis, tais como ruídos, movimentos e deslocamento de corpos sólidos. O efeito
mais simples, e um dos primeiros que foram observados, consiste no movimento circular impresso a uma mesa. Esse efeito igualmente se produz com qualquer outro objeto, mas sendo a mesa, por sua comodidade, o móvel mais utilizado, a designação de mesas girantes prevaleceu, para indicar essa espécie de fenômenos. 

A mediunidade de efeitos físicos, muito comum à época de Kardec, abrange uma vasta categoria de fenômenos que podem ser produzidos espontaneamente, à revelia do médium, ou com a colaboração consciente deste. Os médiuns de efeitos físicos são fornecedores naturais de ectoplasma, também chamada de força nervosa por Allan Kardec, é um fluido vital, substância considerada um subproduto do fluido cósmico universal. O Espírito André Luiz presta algumas informações a respeito do ectoplasma, substância imprescindível às materializações e transportes de objetos e de Espíritos.

reuniao-mediunica

Reuniao mediunica

O veículo físico começou a expelir o ectoplasma, qual pasta flexível, à maneira de uma geleia viscosa e semilíquida, [expelida] através de todos os poros e, com mais abundância, pelos orifícios naturais, particularmente da boca, das narinas e dos ouvidos, com elevada percentagem a exteriorizar-se igualmente do tórax e das extremidades dos dedos. A substância, caracterizada por um cheiro especialíssimo, que não conseguimos descrever, escorria em movimentos reptilianos.

Fundamentos ao estudo da mediunidade acumulando-se na parte inferior do organismo medianímico, onde apresentava o aspecto de grande massa protoplásmica, viva e tremulante.
As manifestações físicas mais simples são os ruídos (noises ), mas há muitos outros: pancadas em móveis, portas ou ecoadas no ar; surgimento, deslocamento e desaparecimento de objetos; escrita direta em papel, parede, pedras, etc.; sons e vozes audíveis em determinado recinto ou na atmosfera.

Ruídos, pancadas e pequenos deslocamentos de objetos são manifestações simples, mas que devem ser averiguados com cuidado: “É principalmente neste caso que se deve temer a ilusão, já que uma porção de causas naturais pode produzi-los.”

Quer conhecer mais sobre esse assunto? Veja os artigos abaixo:

Mediunidade na Prática   

Manifestações Mediúnicas 

Mediunidade e Propósito

O chamado da Luz – Curso do Bruno Gimeses

Você Esta pronto para se Livrar da Depressão?

8 Passos para a Conversa Interior

2015-07-28_1725

Cadastre-se e receba um vídeo e um livro em PDF - A Arte de Ser Feliz e a Oração em 4 Etapas

Não Deixe Roubarem de Você a realização de Sua Missão, e Veja a Conspiração do Vazio da Alma. Assista os vídeos Gratuitos do Bruno Gimeses.

privacy Preservamos a sua Privacidade

Deixe o seu comentário