Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

ALIMENTAÇÃO E A ESPIRITUALIDADE – VISÃO FILOSÓFICA

ALIMENTAÇÃO E A ESPIRITUALIDADE – VISÃO FILOSÓFICA
5 (100%) 24 votes

Visão Filosófica da Alimentação e Espiritualidade

 

 

Na Antiguidade os Filósofos gregos visualizavam os fenômenos biológicos como:

Material – o que era físico e palpável;
Imaterial– o que era não físico, não palpável;

Todos os seres estavam reunidos ao ”Physis “”

O Oriente com suas Terapias Tradicionais Milenares mantidas desde 5000 anos AC,

Chegando à nossa atualidade:

==Medicina Tradicional Chinesa e Acupuntura;
==Medicina Ayurvédica e Yoga.

Tem a visão espiritualista da energia sutil do corpo e, dos alimentos que além de suas funções nutritivas, possuem interação com o homem e o universo.

Esta Energia Sutil recebe várias denominações:

PRANA– Medicina Ayurvédica; CHÌ- Medicina Chinesa ; KI – Japão ;
TUMO– Tibet
Podemos então dizer que possuímos 3 tipos de Alimentos que contribuem para nossa saúde integral:

 

Alimento Mental

Memória, Desejo, Pensamento, Sentimento são alimentos.
Nosso processo nutritivo é holográfico e a decodificação de cada alimento ingerido através dos cinco sentidos, contribui para cada ser humano ser como é, ou, escolhe ser.
Somos responsáveis pela escolha ou preferência de alimentos seguindo a percepção do ouvir nosso corpo.
Pensamentos intelectuais, racionais, ou negativos nos desgastam.
Pensamentos de entusiasmo, esperança, positivos nos vitalizam.
Sentimento de tristeza, raiva, ciúmes nos enfraquecem
Quando estamos em contato com a Natureza, lugares acolhedores, ensolarados, belos estamos nos alimentando mentalmente.

 

”… Temos de avaliar todas as energias que rotineiramente permitimos que entrem em nosso campo de energia, especialmente os alimentos, e evitar tudo que não seja o melhor para que nosso corpo continue forte. Cada um de nós precisa pesquisar, tentar ter uma visão mais ampla.
Somos seres espirituais que viemos a este mundo para aumentar a nossa energia. Quando a energia em nosso corpo diminui por causa do tipo de alimento que comemos, isso nos torna suscetível às doenças.

Eis como funciona: quando comemos, o alimento é metabolizado e deixa resíduos ou cinzas em nosso corpo. Esses resíduos são de natureza ácida ou alcalina, dependendo da comida; se ela for alcalina, então pode ser rapidamente extraída de nosso corpo com pouca energia. No entanto, se esses produtos residuais são ácidos, fica muito difícil para o sangue e o sistema linfático os eliminarem, e eles são depositados em nossos órgãos e tecidos como sólidos, formas cristalinas de baixa vibração que criam bloqueios ou rupturas nos níveis vibratórios das nossas células.
Somos seres espirituais num mundo espiritual e energético”

James Redfield

 

Alimento Espiritual

 

 

O Eu necessita de atenção que é o alimento do Espirito. Devemos estar atentos.

Nossos órgãos sensoriais captam elementos sutis como Luz, Som, Calor, Odor e Sabor dos alimentos.

A respiração é primordial para nossa nutrição e vida.

“”…. Que nossa alimentação se torne:
-Ato sagrado em nossa vida;
-Que através da alimentação, humildemente consigamos expressar as melhores aspirações do nosso Eu maior;
-Um refinamento continuo de nossos corpos;
-Que transforme se em um verdadeiro cerimonial;
-Um apoio a busca interior, a formação e sutilização de nossos corpos. ” –
Dr. Jose Maria Campos Clemente

 

Alimentos de Energia Primordial

 

 

Alimentos que não foram plantados, cultivados beneficiados ou envasados pelo homem, que estão disponíveis na Natureza em grandes variedades e, nutritivos.

São plantas e frutas silvestres como: rosa silvestre, fruta pão, amoras, pitangas, coqueiros selvagens;

Hortaliças não convencionais: Taioba, Maxixe, Jurubeba, Azedinha, Jambu, Ora pro Nóbis;

Ervas: Capim Santo, Cidreira, Citronela, Alecrim

Aguas cristalinas das fontes.

 

Energia dos Alimentos

 

 

Cereais Integrais:

Auxiliam o ser humano a erguer-se, adquirir posição vertical
Representam o Equilíbrio entre as forças da Terra e do Sol.
O Poder de concentração, pensamentos criativos são estimulados pela ingestão de cereais integrais.
Milho – Aveia – Cevada – Trigo – Painço – Arroz

 

Vegetais:

Crescem em uma determinada direção, e dessa forma movem nossa energia através do corpo.

 

Raízes

Agem para baixo, e, para dentro que facilita a digestão
Eliminam acúmulos, acalmam os espíritos

 

Água

Importante para a vida. Hidratação e Alimentação do nosso organismo.

Nós somos o que comemos. Grande parte de nossa vida e saúde está em nossas mãos.

O corpo físico sadio, possibilita o fluxo livre da energia obtida através dos alimentos, e, da respiração, estabelecendo um canal aberto com o corpo espiritual para atuação da energia cósmica.

O ato de nos alimentarmos. e muito mais importante e complexo do que simplesmente colocar um alimento na boca .Este alimento deve ser visto como uma parte de nós.

Deste modo, uma alimentação sadia e equilibrada traz harmonia e equilíbrio para o corpo físico.

”Apenas quando o corpo e a mente se acham em harmonia pode haver uma chance para a evolução espiritual adequada. ”

Dr William H .Hay

Espiritualidade

Vários Mestres e Espiritualistas como : Buda, Hare Krishna, Mahatma Gandhi, Osho, Jiddu Krishnamurti preconizavam que a elevação espiritual e a ampliação da consciência gera como efeito, no ser humano, uma dieta alimentar livre da carne e de produtos de origem animal.

Para vários espiritualistas, conhecidos em nossa história, uma boa alimentação feita de forma consciente e elevada, tem relação com nosso aprimoramento como SER, de forma integral, transformando o alimento em nutrição, não só para a matéria, mas também, para nosso Espírito.

 

Filosofia

 

Muitos pensadores e filósofos, ao longo da trajetória humana, lançaram reflexões e ponderações sobre a ligação entre alimentação e espiritualidade, ressaltando a importância de uma alimentação consciente, tendo como base a dieta vegetariana, livre da crueldade para com os animais.

Alguns deles foram: Platão, Sócrates, Aristóteles, Pitágoras, Leonardo da Vinci, Voltaire,Thomas Edison, Schopenhauer, Nietzsche, Lincoln, Mahatma Gandhi, Einstein.

Alimentação e Espiritualidade

 

Nos primórdios dos tempos da vida humana, o homem era, principalmente, vegetariano, tinha um modo de vida mais elevado, coopertivo e pacífico.

Algumas explicações para a mudança drástica do comportamento humano foi a sua degeneração, enquanto ser humano, com a expressão de aspectos como a ganância, a disputa e o egoísmo.

O humano se tornou, cada vez mais, materialista, competitivo e dominador e foi deixando de se harmonizar consigo, com os outros seres e com a Natureza, vivendo, de forma desagregadora, individualista e separatista.

Isso foi crescendo, ao longo das fases humanas, até chegar ao que vivencíamos, em nossos dias.

A mudança nos hábitos alimentares foi uma das consequências dessa situação.

O homem passou à rebaixar os seus instintos e ser guiado pelos mesmos, se tornando carnívoro, além de se colocar como superior às outras espécies, as dominando e explorando.

Todas as capacidades, habilidades superiores e espiritualidade elevada que o ser humano tinha, e tem em potêncial, foram diminuíndo e se perdendo, por conta de seu declínio.

 

O caminho para reconquistar o que foi perdido está no retorno do ser humano à sua verdadeira essência (agregadora, consciente, compassiva, anímica e simples ).

A relação entre Alimentação e Espiritualidade se evidencia no fato de que quando o ser humano se eleva, muda seus hábitos alimentares, pois a violência, o sangue e o cadáver são inconcebíveis em sua alimentação.

A boa notícia é que, as pessoas estão despertando para a importância do resgate de nossa essência, saindo dos condicionamentos de séculos, sejam educacionais, culturais, históricos ou religiosos.

Cada vez mais, a compaixão direciona as escolhas humanas, seja na alimentação, economia, vestuário, diversão, modo de vida e isso, por si só, é uma expressão da espiritualidade humana.

A nossa Alimentação e Espiritualidade tem mais à ver com a nossa relação com a Natureza, com os seres, com o planeta e com a Vida e tudo isso se baseia no respeito, na integração e nas atitudes conscientes conosco e com o próximo (entenda-se próximo, toda expressão de vida).

A qualidade de nossa Energia, o nível de nossa Espiritualidade e o grau de nossa Consciência serão resultantes de nossas escolhas alimentares e vice-versa.

 

 

 

Irma Laura Cunha Tavares Leite
Terapeuta Holistica–CRT nº602253
Naturoterapia
Aromaterapia e Psicoaromaterapia
Alimentação Natural,Terapia Floral
Mestre em Reiki,Fitoterapia

Gostou do Artigo?? Deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos.

×
%d blogueiros gostam disto: